orthopedic pain management

Atlas Celeste INAPE

Astronomia & Astrofísica, E-Books — By on maio 30, 2010 at 17:41

Da mesma forma que a orientação na Terra requer o uso de um mapa geográfico, para estudar o céu será necessário um Atlas Celeste de razoável precisão. Um Atlas é um instrumento indispensável para a exploração do céu, mesmo que, num primeiro momento, não seja utilizado qualquer instrumento ótico. Aqui estão mapeadas as estrelas de magnitude até 3.5, ou seja, as estrelas mais brilhantes, as quais servirão de referência para a localização de outros astros interessantes, entre esses, as nebulosas, os aglomerados abertos e globulares e os locais onde explodiram no passado, as estrelas novas e supernovas. Os limites da Via-Láctea estão assinalados em duas tonalidades que indicam as áreas mais (ou menos) ricas em estrelas. Apesar de relativamente pequeno, este Atlas conta com uma quantidade extremamente alta de informações apresentadas de forma simplificada.

Para viabilizar a distribuição deste Atlas, ele foi dividido em 15 pedaços que podem ser impressos individualmente em folhas do tamanho A4 e usados tanto como apostila, ou ser montado como mosaico, formando um belo pôster de aproximadamente 92cm x 80cm. Todas as partes estão compactadas em um único arquivo auto-extração que cabe até em um disquete. Basta executá-lo para extrair as imagens. Com uma impressora razoável é possível uma boa qualidade e legibilidade dos textos. Para montagem como pôster aconselha-se o uso de papel de gramatura maior (90g/m) e uso de cola tipo bastão para não enrugar o papel. No meu protótipo eu fixei a parte superior e inferior do mapa em dois cabos de vassouras, o que deu um bom suporte e mantém o atlas esticado, além de permitir que seja enrolado para transportar.

Eis o Atlas Celeste com as 15 divisões, cada uma corresponde a uma folha de papel:

Como se vê a parte equatorial da abóboda celeste foi projetada na grande faixa central do mapa e cada pólo em um dos mapas circulares. Além disso, várias figuras ilustram alguns aspectos importantes, como a localização do pólo Sul Celeste e a mudança das estações no decorrer do ano. Os blocos de textos complementam ressaltando os principais astros de cada parte do mapa e mais uma tabela com informações das principais estrelas, sem esquecer-se dos índices dos símbolos utilizados e do alfabeto grego, muito utilizado para listar as estrelas de uma constelação.

Importante notar que as indicações das horas no mapa e nos textos são referentes à posição no sistema de coordenadas equatoriais e não significam o horário terrestre. Para maiores detalhes, consulte Sistemas de Coordenadas.

Clique aqui para fazer o download do Atlas Celeste.

Tags: , ,

4 Comments

  1. marco disse:

    olá, essa pasta zipada está corrompida.

    [Responder]

    Gustavo Moretti Resposta:

    Ao que parece, o problema ocorre com o Internet Explorer. Já com o navegador Mozilla Firefox o download é feito sem problemas.
    Estamos pesquisando uma solução para o problema.

    [Responder]

Leave a Comment