orthopedic pain management

Épocas cosmológicas

Física: Conceito e história — By on outubro 8, 2011 at 8:47

Nosso entendimento atual do universo é bem amplo. Entretanto, é de comum conhecimento de todos os especialistas que muito ainda deve ser descoberdo para que se possa avançar no entendimento completo da evolução do universo. Um conhecimento bem compreendido até então é sobre as épocas que se seguiram ao longo do desenvolvimento do nosso universo. A física do universo primordial passa a ser completamente compreendida por volta de 0,001 segundo após o Big Bang. Após isso, podemos separar  a evolução do universo em algumas eras características. Este artigo tem como objetivo tentar falar um pouco sobre essas épocas.

Após o período chamado “inflacionário” ter feito seu papel de expandir o universo de maneira muito rápida, o universo entrou na época dominada por radiação. Esse nome é dado, pois, durante este período, a temperatura do plasma cósmico era extremente alta, sendo que as partículas que existiam viajavam na velocidade da luz ou muito próximo dela. Fótons, neutrinos sem massa, prótons, e elétrons eram as partículas dominantes. No fim desta era, houve a nucleossíntese, ou formação dos elementos que hoje conhecemos em nosso dia a dia.

Conforme o universo se expandia, sua temperatura diminuia, e consequentemente as partículas relativísticas davam lugar as partículas com velocidades clássicas. Em dado momento, houve o que se chama de igualdade radiação-matéria, ou seja, a quantidade de matéria relativística igualou-se a de matéria não relativística. Após esse período, teve início a época dominada por matéria, onde a densidade de máteria passou a ser maior do que a de radiação. Durante essa era houve alguns fenômenos importantes, como a formação do átomo e as primeiras formações de estrutura do universo, como galáxias e aglomerados de galáxias.

Atualmente, deve-se levar em conta o modelo considerado para afirmar em que época estamos. É bem aceito no meio científico a existência de uma constante cosmológica, em forma, talvez, de energia escura. Se isso é verdade, então em nosso presente estamos na época dominada pela constante cosmológica.

Vale lembrar que assim como não dominamos o conhecimnto sobre o momento inicial do universo, não sabemos qual será seu futuro. Existem teorias e especulações sobre isso, mas as gerações atuais de satélites e aparelhos de medida cada vez mais sensíveis podem trazer um arcabouço de conhecimento que nos fará refinar ainda mais nossas teorias sobre nosso universo.

Tags: , , ,

1 Comentário

  1. Oneide de Oliveira Cacho disse:

    Impolgante os estudos do universo. As épocas cosmológicas nos fazem refletir sobre a complexidade, a imensidão, as tateantes e radiantes buscas por maiores informações sobre o que chamamos cosmos. Cada segredo desvendado, cada teoria reforçada ou ampliada, cada interrogação nos deixam preplexos e nos levam a refletir sobre o nosso grão (terra) na amplitude fervil e a nossa magnitude neste grão, a nossa casa.

    [Responder]

Leave a Comment