As Origens Cosmológicas

Pensamento Cosmológico — Por em dezembro 11, 2011 as 9:42

As origens da Cosmologia são desconhecidas, mas pode-se imaginar que desde tempos remotos, o mais primitivo ser humano se interessou em observar fenômenos que ocorriam a sua volta e tentar compreendê-los. Atraído inicialmente pelos fenômenos que mais interferiam em sua vida como as variações alternadas de claridade e escuridão, as variações de temperatura e clima. Todas associadas ao deslocamento do Sol em relação ao horizonte. Observava também fenômenos celestes como as fases da Lua, os eclipses, o aparecimento de cometas e de vários outros fenômenos da natureza.

A falta de conhecimento sobre a verdadeira natureza do cosmos deve ter produzido no homem primitivo um sentimento de curiosidade, admiração e temor, levando-o a acreditar na natureza divina dos corpos celestes. Para muitos povos do passado, os astros eram verdadeiros deuses, e para outros, símbolos de divindades atribuindo a estes a influência sobre a vida na Terra. Os homens dessa época, que melhor interpretavam estes fenômenos celestes, formavam elites sacerdotais que dominavam e determinavam os costumes destes povos.

Com sua evolução, o homem começou a utilizar as estrelas e as “estrelas errantes”, (denominação dada aos planetas na época) para sua orientação em viagens. Por volta do ano 6000 a.C. aconteceu a transição entre a civilização nômade e a sedentária com o surgimento da agricultura. Desta forma, as comunidades requeriam conhecer em que época do ano poderiam semear e em qual colher, e assim como prever os fenômenos metereológicos.

Observando constantemente o Sol, a Lua, as estrelas, asteroides, planetas e cometas, o homem notou uma regularidade de ocorrência de vários fenômenos, que lhe permitia marcar ou medir a passagem do tempo, e juntamente com a construção dos primeiros relógios de areia, estabeleceu os primeiros calendários tão necessários a suas atividades agrícolas. Em suas observações pode criar métodos para determinar a sua posição na superfície da Terra por meio das posições dos astros, o início das estações do ano, bem como prever fenômenos que ocorriam com os corpos celestes. Assim, as estrelas guiavam os caminhos aos nômades e marinheiros, ao agricultor as fases da Lua e a viagem anual do Sol indicavam a época de semear.

No começo das civilizações alguns homens se dedicaram por completo a estudar os mistérios que cercam o Universo. Tem-se assim uma fase de transformação dos conceitos místicos e mitológicos, dando origem ao nascimento da investigação científica ligada as suas necessidades cotidianas e curiosidade intelectual.

Quanto ao Universo, o ser humano passa a perguntar: Do que é feito? Como surgiu? Como terminará? Prova disto são as múltiplas respostas dadas a estas perguntas ao longo do tempo e que em conjunto, constituem a história do pensamento cosmológico.

Tags: , , ,

0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário