2012 e o Fim do Mundo

Si Belle, La Science — Por em dezembro 11, 2011 as 15:40

No solstício de inverno, ou seja, em 21 de dezembro de 2012, o Sol nascerá na fissura negra da Galáxia”.

 “A Terra estará em perfeito alinhamento com o Sol e o centro da Via Láctea, isso ocorre a cada 2500 anos. Os efeitos deste alinhamento os cientistas ainda não descobriram”

 “Haverá uma inversão dos pólos magnéticos em uma questão de dias ou horas”.

Você já deve conhecer algumas das frases acima. Isso é o que é dito por muitos pregadores do apocalipse, que difundem suas idéias principalmente pela Internet. Mas será que tudo isso realmente faz algum sentido?

O calendário Maia realmente termina em 21 de dezembro de 2012.  Segundo o Instituto Nacional de Antropologia e História do México, as previsões Maias referem-se a um deus chamado Bolon Yokte que voltaria ao final de uma era, mas nada relacionado ao fim do mundo.

No solstício de inverno, realmente haverá um alinhamento entre a Terra, o Sol e o centro da Via Láctea, como já estava previsto. E depois de 16 anos de busca, conseguiram “enxergar” um buraco negro no interior de nossa Galáxia (Para saber mais sobre buracos negros, leia o artigo Mitos e verdades sobre buracos negros).

Existem muitos rumores e previsões sem nenhuma comprovação científica. A NASA esforça-se constantemente em esclarecer que o mundo não acabará em 2012. A agência espacial americana reforça que não existe a possibilidade de que a inversão dos pólos magnéticos da Terra possa causar cataclismos e extinção de espécies, mesmo porque ela já ocorreu diversas vezes e sua duração é de milhões de anos. Além do mais, o campo magnético pode até enfraquecer, mas nunca desaparecer.

Essa inversão já ocorreu e não temos nenhum indício de que tivemos mudanças dramáticas na vida e no clima do planeta. Portanto, essa teoria não tem comprovação científica. É o que chamamos de pseudociência.

David Morrison, especialista em riscos de impacto com a Terra e atualmente diretor interino da “NASA Lunar Science Institute”, fala sobre os riscos para a Terra em 2012.
(Legendado PT-BR) 

Como podem perceber sempre haverá um suposto adivinho de tragédias e enquanto o mundo não acaba vamos viver da melhor forma possível, mas com sabedoria e conhecimento.

Nas próximas semanas iremos esclarecer mais sobre estas pseudociências que dão suporte para as mais diversas teorias sobre fim dos tempos. Não percam!

Tags: , , , , , , ,

9 Comentários

  1. Gustavo José Moretti disse:

    Para assistir ao vídeo com legendas, clique no botão “CC”, localizado próximo ao botão “Play”.

    [Responder]

  2. Elisangela disse:

    Por que desfrute até 2013? Além do máximo solar que ocorrerá em setembro (primavera), vai haver mais alguma coisa? Em alguns artigos de jornais eu li que a NASA esconde muitas coisas da população pelo simples fato de não querer assusta-las. Será?

    [Responder]

  3. Letícia disse:

    Tenho 10 anos e sou completamente apaixonada por astronomia, quando começaram com essa história de fim do mundo em 2012, fiquei muito assustada, pois não tinha (ainda) interesse por astronomia.
    É a primeira vez que entro nesse site, mas eu amei de paixão.
    E, Elisangela, é provavel que a NASA esconda algo de nós, mas eles vão nos alertar quando estiver para acontecer e vão nos salvar. Porque a ciência vai nos ajudar em tudo.

    [Responder]

  4. Cibele disse:

    Elisangela e Leticia, vou começar a esclarecer uma coisa, não há nada escondido na NASA isso é pura especulação. As teorias do Fim do mundo já foram várias, essa não é a primeira e nem será a última. A importância de um esclarecimento e estudo é para que não caiem em armadilhas e crendices de pessoas que abusam da falta de conhecimento das pessoas para ganhar dinheiro, continuem seguindo os temas do INAPE e vão procurando conhecimento e vários sites onde tem mais informações, inclusive o INAPE tem uma página no facebook (http://www.facebook.com/groups/107372972674473/) onde podem acompanhar maiores informações e Letícia, aproveite os seus 10 anos e sua curiosidade para aprender cada vez mais, pois nosso mundo está carente de cientistas e isso serve pra Elisangela também rsss. Obrigada pelos comentários e esperem que continuem acompanhando nossos artigos. Abçs

    [Responder]

  5. Dêverton disse:

    Adorei a matéria assim como adorei o site…
    Bom, é fato que toda teoria da conspiração pega uma determinada informação científica e a distorce, omitindo detalhes e acrescentando outros.
    O problema de tudo isso é que geralmente os argumentos são toscos, porém, muita (muita mesmo) gente acredita nesse tipo de coisa. Talvez por desconhecimento de certas informações e do método científico, ou tlvez por pura alienação mesmo (sem querer ofender ninguém).
    É sempre bom ser cético diante de tudo, é assim que evoluimos e filtramos as informações para chegarmos mais próximo da verdade.
    Cibele, parabéns por essa e por todas publicações no site, realmente são ótimas.

    [Responder]

    Cibele Resposta:

    :) Muito obrigada Dêverton. Realmente, mas o problema maior é a falta de conhecimento, a pseudociência é uma coisa que está se alastrando, infelizmente, por isso tentamos atingir o maior número de pessoas possível, pois com conhecimento não serão vítimas desses charlatões. Obrigada pelo comentário e como mais um leitor do nosso site, divulgue-o, ajudando a gente nessa empreitada.
    Abços

    [Responder]

  6. romano dal bem junior disse:

    gostaria de saber sobre um cometa que apareceu na região de ribeirão preto no ano de 1967 ou 1968 era imenso

    [Responder]

    Cibele Resposta:

    Romano, não tenho conhecimento desse cometa, mas pelo jeito não era “muito grande”, se não teríamos um alarde na internet falando a respeito disso. Mas vou perguntar pra um antigo professor, pois ele é um conhecedor dessa área de cometas e lhe informo direitinho ok? Obrigada pelo seu comentário e continue lendo e divulgando nosso site.
    abços

    [Responder]

    Cibele Resposta:

    Como prometido, conversei com meu ex prof. Angelo Rober Pulici e sua resposta foi a seguinte:
    “Em 1967 foi visto inclusive durante o dia o cometa C/1967 Y1 Ikeya-Seki. Em 1969 foi visto o cometa C/1969 Y1 Bennett. Estes dois foram os principais cometas vistos naquela época”. Com os nomes dos cometas pude dar uma verificada na net, mas o tamanho não era nada diferente, a ponto de ser considerado enorme. O meu professor inclusive tem um site só sobre cometas, se vc se interessa é legal ir dá uma olhada no site dele http://www.cometografia.com/cometas_periodicos.htm
    Nesse site ele traz informações sobre esses mais outros vários cometas, que vc nem imagina o quanto!!!

    Valeu Romano e boa pesquisa, espero ter ajudado na sua dúvida :)

    Abraços

    [Responder]

Deixe seu Comentário