orthopedic pain management

Os profetas do apocalipse

Si Belle, La Science — By on dezembro 24, 2011 at 11:56

A maioria das predições sobre o fim do mundo tem um fator religioso e mesmo depois de tantas catástrofes previstas que não ocorreram, as pessoas ainda insistem em cair nelas. Vou citar alguns exemplos que já aconteceram pelo mundo. Não é de hoje que nosso mundo acaba!

Bertrand

Em 960, um profeta chamado Bertrand anunciou que o fim do mundo ocorreria no dia em que uma sexta feira santa coincidisse com a Festa da Assunção da Virgem, e esse dia aconteceu no ano de 992. Isso fez com que todos ficassem orando, nesse dia, em frente a igreja, mas o fim do mundo não ocorreu. As preces foram ouvidas.

Outro episódio previsto do fim do mundo foi em 1523, quando um astrólogo inglês anunciou um alinhamento planetário em peixes e a data escolhida, aliás, calculada, foi 21 de fevereiro de 1924. Dizia-se que o mundo acabaria em um dilúvio e começaria por Londres. Houve pânico na cidade e o rio Tâmisa não tinha mais lugar para tantas embarcações. Imagino que quem vendia barcos nesta época ficou milionário. Será que era um parente do astrólogo?

Jonh Dee

Nesse mesmo século, outro astrólogo inglês, Jonh Dee, inclusive de uma excelente reputação perante a população e realeza européia, profetizou que a Europa acabaria no dia de São Patrício e seria destruído por um cataclismo, mais uma vez o rio Tâmisa ficou repleto, mas nesse dia nem sequer choveu.

Jeane Dixon

Foi uma das maiores videntes (catastróficas) do século passado, fez algumas previsões em que acertou, mas previu pro final do milênio uma colisão de um gigantesco asteróide com a Terra, isso no ano de 1982, a destruição da Califórnia em 1983, a colisão da Terra com um cometa em 1985 e um cataclismo avassalador em 2000 ou 2020, num provável apocalipse (mas, e 2012?).

Edgard Cayce

Continuando ainda nos videntes, outro nome também conhecido, Edgard Cayce. Em 1934 ele anunciou diversas catástrofes, todas acontecendo no Hemisfério Norte.

Mas existe também a vidência coletiva, como se não bastasse um só para prever o fim do mundo, em 1970 vários videntes se juntaram para profetizar que a Califórnia seria destruída em 15 de julho de 1986, ás 2 horas da manhã por um terremoto avassalador e no mesmo ano eles também “concluíram” que astronautas americanos pousariam em Marte, mas nem a natureza e nem a NASA colaboraram para que isso acontecesse.

Muñoz Ferrada

O astrônomo (com um sobrenome até bem conveniente para a ocasião) Muñoz Ferrada previu, no ano de 1963, numa conferência em Paris, que a Terra seria destruída em 18 de maio de 2000, pontualmente as 23 e 30 horas, horário de Greenwich e ele se baseou no maior temor das catástrofes modernas, a alteração do eixo polar. Está na moda, não é?

Ferrada garantiu que a partir de 1986 a natureza iria se voltar contra a Terra e causar erupções vulcânicas, maremotos, mudanças climáticas por causa do deslocamento dos pólos terrestres.

Existem outras catástrofes que são também a preferência dos videntes e profetas catastróficos da Nova Era. Colisões com cometas ou asteróides, aumento ou diminuição da atividade solar, chegadas de uns períodos glaciais ou terceiras guerras mundiais. Mas a inclinação do eixo terrestre ganha disparado na preferência mundial dos profetas do apocalipse.

Para o próximo artigo, vamos falar de um dos maiores profetas de tragédias da nossa era, Nostradamus. Não percam!

Tags: ,

11 Comments

  1. Cristiano disse:

    Uma pena seu conceito sobre as profecias do apocalipse, como posso notar não se refere as da bíblia, e graças a Deus que não são pessoas que se diz inspirada por algo ou alguém do alem ou outras formas, o que posso dizer que realmente as da bíblia estão sim se concretizando…

    [Responder]

    Cibele Resposta:

    Cristiano, em primeiro lugar gostaria de agradecer pelo seu comentário. E respondendo, a Bíblia é escrita em parábolas, por isso é questionável a interpretação, tanto é que existem várias religiões, usando a mesma bíblia e com várias interpretações. Eu sou cética sim, pois como para a maioria dos cientistas, um fato, para se tornar científico, tem que passar pelo menos pela prova matemática e experimental, isso faz parte do conceito científico.

    A minha maior crítica aqui é que as pessoas usam dados não científicos para fazer predições e enganar as pessoas, se aproveitando de sua ingenuidade. Cada um pode acreditar no que quiser, pois nosso pensamento é livre, mas não devemos impor e nos aproveitar disso, dessa ingenuidade e dessa fé para enganar e usar as pessoas, e é o que acontece com esses profetas. No ano de 2000, por causa de uma profecia houve vários suicídios coletivos e não foi só em 2000, teve em outros anos. Isso por acreditarem em predições que, no final, não se cumpriram, pois o mundo continua aí e eu te pergunto: Você acha justo as pessoas se matarem, matarem crianças, animais por conta de uma fé sem fundamento e sem embasamento científico? Temos que tomar cuidado no que acreditamos e sempre questionar o que está sendo dito, para que pessoas mal intencionadas não nos usem e façam mal. A sugestão não é religiosa é científica, não sou contra a religião nenhuma e nem questiono nenhuma delas. A única coisa é que questionem antes de aceitarem piamente o que está sendo imposto, afinal foi assim que Hitler conduziu milhares de judeus, pacificamente, às câmaras de gás. Mas, por favor, não se ofenda, o meu trabalho como física é divulgar a ciência e fazer com que as pessoas questionem e corram atrás de informações e mais uma vez, valeu pela participação! Abços

    [Responder]

    Marcos Resposta:

    Há uma lista enorme de profecias bíblicas não cumpridas. http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20080126153310AANDDlg

    [Responder]

    Cibele Resposta:

    Sim e eu interpretarei cada uma, de acordo com a minha maneira de pensar. E ao ser extraído um trecho é muito diferente do que o conteúdo todo. Temos que pensar e prestar muita atenção, sem dogmas ou crenças, temos que refletir, sempre!
    Obrigada pelo seu comentário

    Abços

    [Responder]

  2. jose alexandre balogh disse:

    Cibele gosto de curtir INAPE li com cuidado sua resposta ao Cristiano blz ! só que a bilia não é escrita em parabolas , tem algumas ! as coisas foram escritas p/ o entendimento de 2000 anos atraz ; e tambem não leia ou pesquize a biblia como um livro comun , concordo que tem muitas religiões ! por favor leia :João 8:32 , Mateus 11:25 , Lucas 10:21 ,sou batista tradicional ,a biblia é o que é ,as interpretações são do homen ( os que a escreveram foram inspirados por Deus ) como os homens falham !! mas tudo bem ,espera pra ver ! a ciencia é um funil que inevitavelmente acaba em Deus Abraço José

    [Responder]

    Cibele Resposta:

    José, realmente as interpretações são do homem e é exatamente o problema. A ciência se afunila e vai cair em algo que começou isso tudo, mas a ciência não vê como um ser, que o homem denominou deus. A ciência não prova nem a existência e nem a Não existência dele, por isso é muito difícil questionarmos ou discutirmos sobre esse fato. O cientista não está interessado em provar a existência ou a não existência, só estamos em busca de “porques” e se partirmos do principio da existência, cessamos nossa busca, pois vamos acreditar que “alguém” criou o universo e pronto, não precisamos mais pesquisar nada. E não é isso que queremos, não é verdade? Precisamos dessa busca, isso move o cientista. O cientista vê a busca incessante por “algo a mais” como um alimento . Da mesma forma que as religiões buscam a fé, temos a nossa fé, a nossa busca. A meu ver, ciência e religião não andam juntas e não podem, pois são buscas diferentes mas que no fundo caem no mesmo propósito: A criação (divina ou não). Mas a minha interpretação de parábola é essa:Uma palavra originária do grego parabole, significa narrativa curta ou apólogo,eram as histórias geralmente extraídas da vida cotidiana utilizadas por Jesus Cristo para ensinar aos seus discípulos. Então o sentido que eu dei foi esse.
    Obrigada pelo seu comentário, mas entenda que a minha “não” crença não quer dizer que não respeito, muito pelo contrário, o meu intuito aqui é fazer as pessoas pensarem, não como eu, mas como um ser humano racional que somos, ok?
    Abços

    [Responder]

  3. jose alexandre balogh disse:

    Cibele por favor onde escrevi “bilia ” leia-se biblia , sou péssimo digitador obrigado

    [Responder]

  4. Letícia disse:

    Bom dia
    Eu gostaria de dar uma sugestão ao site:
    Fazer uma matéria sobre 2036 e o Apophis que poderá atingir a terra.

    [Responder]

    Cibele Resposta:

    Muito boa sugestão Letícia, está anotado, falarei sobre isso em uma próxima publicação.

    Muito obrigada e divulgue o nosso site, ok!

    Abços

    [Responder]

  5. Alexandre disse:

    Existe um medo de ofender a religiosidade que precisa ser ultrapassado, porque a verdade precisa ser dita: Todas as religiões são baboseira, e o cristianismo não escapa disso. Já fui religioso e entendo muito claramente como funciona a mente humana nessa condição, o que fazemos é nos esquivar da lógica e da racionalidade para mantermos a nossa ilusão de condição especial, a ilusão de que somos os filhos importantes de uma divindade. Não somos. Somos animais como os outros, com o mesmo destino. Acreditar e justificar deus ou deuses tendo como base um livro, habilita qualquer um a acreditar no superman ou no batman com base nos gibis. A bíblia não é especial e nao revela nada, a não ser a mitologia e rivalidade de tribos antigas. A bíblia e outros livros ditos “sagrados” estão cheio de incoerências típicas da falhabilidade humana. O que os religiosos fazem é selecionar as partes mais ambíguas para se agarrar, pois estas permitem interpretações bastante “elásticas”. Agora, as partes que são realmente claras e óbvias, preferem fazer de conta que não existem, pois são realmente terríveis. Qualquer um que leia a biblia com honestidade para consigo mesmo, iniciará o caminho para se tornar ateu. (Isso vale para qualquer outro livro “sagrado”).

    [Responder]

  6. Ricardo disse:

    Acredito que ofendendo as pessoas por causa da religião e chamando essas coisas de baboseira sem respeitar a opinião pessoal de cada um , nunca vamos ter um mundo realmente perfeito . Independente se a pessoa tem religião ou não crê em nada , o que importa é respeitar a opinião individual de cada um . Sobre as profecias, que estão na bíblia ou não, o que importa é que qualquer pessoa inteligente, sabe que algo está para acontecer e que vai mudar a história da humanidade .

    [Responder]

Leave a Comment